top of page
Buscar

Teatro nos Parques 2023 promove espetáculos gratuitos a céu aberto em sete municípios de SP


(Foto: Aro Ribeiro - Espetáculo Água Doce da Cia. da Tribo)


Em sua 15ª edição, projeto leva trabalhos de grupos talentosos e renomados a parques de Cotia, Araçariguama, São Caetano do Sul, Guarulhos, Mogi das Cruzes, São José dos Campos e Pindamonhangaba.


A formação de público para as artes cênicas e a democratização do acesso à Cultura estão no cerne do Teatro nos Parques, que chega a sua 15ª edição levando espetáculos gratuitos para toda a família. O projeto é uma ação de caráter sociocultural e ambiental realizada em parques públicos urbanos e alia cultura, entretenimento e lazer à formação de cidadania e responsabilidade social.


Entre os dias 21 de maio e 9 de julho, o projeto passa por parques nos municípios de Cotia, Araçariguama, São Caetano do Sul, Guarulhos, Mogi das Cruzes, São José dos Campos e Pindamonhangaba, todos no estado de São Paulo.


A iniciativa, que surgiu em 2009, conta novamente com o patrocínio da Gerdau, que apoia o evento desde 2011 e neste ano uma co-produção Cais das Artes e Estima Cultural. A ideia é desmistificar a arte, de acordo com Edson Caeiro, idealizador e coordenador do projeto. “Quando as pessoas veem os artistas montando a peça ali no parque, se maquiando antes de entrar em cena, fazendo o aquecimento, isso aproxima o público do fazer teatral. Muitas pessoas nos contam que estão vendo teatro pela primeira vez na vida. Esperamos que elas possam se encantar pela arte e passem a procurar pelos tantos espetáculos e projetos incríveis e gratuitos que existem nas nossas instituições culturais”, explica.


O projeto valoriza o teatro de rua no Estado de São Paulo. “Já existia um movimento forte do teatro de grupos de rua, mas o Teatro nos Parques ajudou a sedimentar o impulsionar outros grupos a fazerem o mesmo caminho de se apresentar na rua, praças e parques. Temos um teatro de pesquisa, com atores, diretores e dramaturgos respeitados buscando uma valorização e abrangência maior junto ao público”.


A 15ª edição do Teatro nos Parques conta com 28 peças de companhias que têm se destacado na cena nacional por fazer trabalhos que dialoguem com pessoas de todas as idades. Quem abre a programação do projeto é a Cia. dos Inventivos, que apresenta Um Canto para Carolina, no dia 21 de maio, às 11h, no Parque Cemucan, em Cotia. A peça homenageia Carolina Maria de Jesus (1914-1977), uma das primeiras e mais importantes escritoras negras do nosso país. Na trama, três irmãos recebem de presente o primeiro exemplar de “O Quarto de Despejo”, um livro-diário escrito por sua mãe. E, mergulhados naqueles registros, revivem as histórias de luta por uma vida melhor.


Outra atração é O Mistério do Coelho Pensante, da Cia. Los Lobos Bobos, apresentado também no dia 21, às 15h, no Parque Cemucan. A peça, inspirada no primeiro livro infantojuvenil da escritora Clarice Lispector (1920-1977), tem em cena uma trupe de artistas mambembes que armam seu circo-teatro para contar a história de Joãozinho, um coelho pensante que ama a liberdade e não perde a chance de fugir de sua gaiola.


O grupo Rococó Produções Artísticas e Culturais, de Porto Alegre (RS), encena Era uma Vez: Contos, Lendas e Cantigas no dia 3 de junho, às 11h, no Parque Júlio Fracalanza, em Guarulhos. Com canções do cancioneiro popular gaúcho e outras originais, o trabalho revisita as lendas de Nossa Senhora Aparecida e do Negrinho do Pastoreio e propõe uma reflexão sobre bullying, o respeito às diferenças, trabalho infantil e a formação da identidade.


A tradicional companhia BuZum! convida o público a pensar na preservação do meio ambiente em Floresta Viva, com sessão no dia 10 de junho, às 16h, no Bosque do Povo, em São Caetano do Sul. Encenada com bonecos, a fábula acompanha Jacira, uma formiga muito esperta, e Filomena, uma abelha muito simpática, que são guardiãs da floresta onde moram.


Outro espetáculo de teatro de bonecos é Colcha de Retalhos, da companhia Boca de Cena, de João Pessoa (PB), que tem apresentação no dia 11 de junho, às 16h, também no Parque da Criança. O trabalho amarra três histórias curtas: a de Chapeuzinho Vermelho, narrada com elementos da cultura nordestina; a de Totó, um cachorro inteligentíssimo que vive a perder o rabo temperamental; e a de uma lagarta que se apaixona loucamente por uma minhoca.


Já a renomada trupe Pia Fraus apresenta Bichos do Brasil no dia 25 de junho, às 11h, no Parque Centenário em Mogi das Cruzes. O espetáculo retrata a riqueza da fauna brasileira e o cotidiano dos animais numa selva tropical por meio dos incríveis bonecos feitos pela companhia e de uma trilha sonora original que mescla sonoridades do forró, frevo, bossa nova, samba e maracatu.


A programação completa, com detalhes sobre todas as peças, pode ser conferida no site teatronosparques.com/


Sobre o Teatro nos Parques


Criada em 2015, a Estima Cultural tem a missão de planejar e executar projetos de teatro, circo e dança para todas as idades e classes sociais, em espaços abertos e parques com acessibilidade garantida para toda população. Até maio de 2022, em sua 16ª edição, o projeto Teatro nos Parques já realizou 560 apresentações teatrais em 6 estados e 25 cidades brasileiras, ficando entre uma das maiores temporadas itinerantes de teatro do país.


O projeto é uma coprodução do Cais das Artes e da Estima Cultural, com patrocínio da Gerdau, que apoia o evento desde 2011.


A Gerdau é a maior empresa brasileira produtora de aço e uma das principais fornecedoras de aços longos nas Américas e de aços especiais no mundo. No Brasil, também produz aços planos, além de minério de ferro para consumo próprio. GRI 102-4, 102-7 A companhia opera 31 unidades produtoras de aço, 75 lojas da Comercial


Gerdau, 2 minas de minério de ferro e uma base florestal de plantio de eucalipto de mais de 250 mil hectares. É considerada ainda a maior recicladora de sucata ferrosa da América Latina, transformando anualmente 11 milhões de toneladas de sucata em aço em suas operações no Brasil e no mundo. GRI 102-4, 102-7 A Gerdau está presente com operações industriais em 10 países e conta com cerca de 30 mil colaboradores diretos e indiretos no mundo. Tem ações negociadas nas Bolsas de Valores de São Paulo, Nova York e Madri, e sua receita líquida em 2019 foi de aproximadamente R$ 40 bilhões. GRI 102-4, 102-7 Em 2019, a companhia fez investimentos ambientais de R$ 241 milhões e investimentos sociais de R$ 18 milhões. A Gerdau apoiou 400 projetos sociais nas comunidades onde atua e somou 6.400 colaboradores voluntários no mesmo ano.




38 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page